O prefeito ACM Neto (DEM) disse que enviará à Câmara Municipal de Salvador (CMS), nos próximos dias, um projeto que cria o Fundo Previdenciário Municipal, que segundo ele ajudará a equilibrar o sistema e a garantir o pagamento dos servidores a longo prazo.

“De fato, temos um déficit anual na casa dos R$ 150 milhões. A Secretaria de Gestão está fazendo um amplo estudo sobre o sistema previdenciário do município. Demos o primeiro passo que foi extinguir o Instituto de Previdência e trazer para a administração direta”, pontuou, durante o Workshop Cidade Resiliente, na Casa do Comércio, na manhã desta quinta-feira (20).

Neto disse ainda que outras mudanças nas contribuições dos servidores devem acontecer em 2017. “Vamos observar o que é que o Congresso vai aprovar como marco legal da Previdência. Não quero criar expectativas nem positivas nem negativas sem que estejamos com tudo isso concluído”, acrescentou. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here