Bem-Estar

Com tantas opções, quais os produtos ideais para manter a boca limpa

Escovar os dentes é uma prática que está inserida na nossa rotina — mesmo se você faz a linha Bela Gil e acaba limpando a boca com açafrão. No entanto, é quase impossível não notar na prateleira da farmácia os inúmeros lançamentos do mercado, com diversas funções e que prometem uma limpeza bucal mais saudável. A pergunta é: eles são realmente necessários?

 

Evite escovas com cabeças grandes, cerdas médias e dê uma maneirada na escovação
Para a dentista Raquel Saraiva, assim como na moda, quando falamos em dentes, menos é mais. Ela diz que na escovação diária o mais importante é que as cerdas das escovas sejam macias ou extra macias pois elas agridem menos a gengiva e não desgastam os dentes. “Somente na higienização de próteses podemos utilizar cerdas médias”, explica a profissional.

Vale lembrar que a escova deve ter tamanho adequado para cada boca, contudo, a dentista prefere que sejam usadas cabeças pequenas pois elas alcançam os dentes posteriores com mais facilidade, em especial os sisos, que são normalmente os de difícil higienização.

A troca da escova deve ser feita sempre que for verificada que as cerdas estão se abrindo ou deformando, ou a cada três meses por causa da proliferação de bactérias na própria escova. Além disso, vale a pena realizar a troca da escova após alguma infecção que envolva vias aéreas superiores como boca, nariz e garganta.

“É importante saber que força excessiva na escovação pode deformar as cerdas com mais rapidez, agredir a gengiva, desgastar os dentes e nenhum estudo comprova que essa força torna a limpeza mais efetiva”, orienta a profissional.

 

Cremes dentais 
Assim como as inúmeras opções de escovas, supermercados e farmácias também disponibilizam um arsenal de cremes dentais de diversos estilos e com funções específicas, como os agentes clareadores. A profissional diz que, apesar da liberação desse tipo de pasta, é bom não usá-lo por muito tempo.

“Os cremes dentais para clareamento não servem para, de fato, clarear os dentes. Eles removem apenas a sujeira superficial. Sua ação é mais mantenedora dos clareamentos realizados no consultório. Por terem normalmente mais agentes abrasivos, podem causar sensibilidade nos dentes e agredir a gengiva”, explica a profissional.

 

 

Enxaguantes bucais
Esses produtos também são coadjuvantes na limpeza bucal. Mesmo com sua ação refrescante, Raquel não indica o produto para uso contínuo, já que um dos problemas é a alteração no paladar. “Essa ação antisséptica pode causar um desequilíbrio na microbiota normal da área. Podem ser usados em ocasiões nas quais a higiene não puder ser realizada com eficiência como, por exemplo, em pacientes enfermos ou com traumas na face”, complementa a profissional.

 

Nada substitui o fio dental 
Aparelhos de jato de água como o “Water Pik” não substituem o fio dental. Nem mesmo uma escovação bem feita é capaz de remover o alimento que fica entre os dentes, por isso, jatos de água são responsáveis apenas por retirar a placa em regiões que a escova não é tão efetiva. “São ótimos para quem usa aparelho ou próteses, que dificultam o uso do fio dental”, explica a profissional.

 

 

 

Tempo

°C
___
______
  • Low Temp. ___°C
  • High Temp. ___°C
___
______
junho 24th 2017, sábado
°C
   ___
  • TEMPERATURE
    °C | °C
  • HUMIDITY
    %
  • WIND
    m/s
  • CLOUDINESS
    %
  • SUNRISE
  • SUNSET
  • DOM 25
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %
  • SEG 26
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %
  • TER 27
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %
  • QUA 28
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %
  • QUI 29
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %
  • SEX 30
    °C | °C
    Cloudiness
    %
    Humidity
    %

I want to find the weather for in .