O prefeito ACM Neto (DEM), aliado do presidente Michel Temer (PMDB), disse que é importante ter cautela diante dos fatos revelados pelo dono da JBS, Joesley Batista. O empresário contou em sua delação premiada que Temer deu aval para que fosse entregue dinheiro a Eduardo Cunha (PMDB) no intuito de fazer com que o ex-parlamentar ficasse calado na prisão.

"É importante, nesse momento, cautela para que se possa saber exatamente o que consta dessa última delação divulgada. Se alguém disser que a situação não é grave e preocupante, vai estar faltando com a verdade. Estamos diante de uma situação bastante grave. Agora, é dificil antecipar uma opinião definitiva sobre os fatos sem antes conhecer de fato o conteúdo do que foi delatado pelo propreitário da JBS", disse o gestor de Salvador na manhã desta quinta-feira (18).

 

COMPARTILHAR