O CEO do Walt Disney Estúdios, Bob Iger, revelou nesta segunda-feira (15/5) que um filme inédito da companhia foi roubado por hackers. Os criminosos pediram o resgate em bitcoins (moeda virtual) para não divulgarem a produção na internet.

O caso é parecido com o que ocorreu com o seriado “Orange Is the New Black”, da Netflix. Os episódios vazaram na internet, após o serviço de streaming se recusar a pagar o resgate.

Bob Iger garantiu à revista “The Hollywood Reporter” que a Disney não vai ceder à chantagem dos hackers. Ele também se recusou a revelar qual título está nas mãos dos criminosos virtuais. Para 2017, a companhia promete filmes como “Piratas do Caribe”, “Star Wars: Os Últimos Jedis” e outras produções de heróis da Marvel.  

COMPARTILHAR