Fale Conosco

E.C Bahia

Contra o Jequié, Bahia entra na última rodada em busca da liderança

Postado

Sonhando em terminar a fase classificatória do Baianão no topo da tabela, o Bahia enfrenta o Jequié nesta quarta-feira, 7, às 21h45, na Arena Fonte Nova, pela última rodada antes do mata-mata. Para alcançar o objetivo, o Tricolor conta com uma arma perigosa que se revelou esse ano: as cobranças de falta de Zé Rafael. O meia soma três gols nesta temporada, sendo dois de falta.

Segundo o jogador, o êxito neste fundamento é fruto de muito trabalho. “Eu tenho metas, como tive ano passado, e não consegui atingir. Esse ano, pretendo cumprir. As faltas vêm sendo treinadas há muito tempo. Espero que saia muito mais esse ano”, projetou.

Para ser líder, o Bahia precisa vencer o Jequié e torcer por um tropeço do Vitória, que enfrenta o Flu de Feira. Zé admitiu o desejo do Esquadrão de terminar na liderança e aproveitar das vantagens nas fases decisivas. “Quando o Bahia entra nos campeonatos, entra para disputar a primeira colocação”, afirmou.

Enquanto o Tricolor precisa apenas de um empate para garantir a classificação, o Jipão não tem mais chances de classificação, nem de rebaixamento, e joga apenas para cumprir tabela. Zé Rafael, no entanto, não espera facilidade contra o time do interior.

“Independente de ser o Jequié ou o Flamengo, a preparação é a mesma. É um jogo complicado, apesar de parecer fácil porque a nossa equipe quer ser a primeira. Já o Jequié joga sem compromisso algum. O que vier para eles é lucro. Se torna um jogo perigoso”, declarou.

Eficiente, mas nada vistoso, o Bahia chega na fase final do Baianão com o bons números e, ainda assim, tendo o desempenho questionado pela torcida. Para Zé Rafael, o Bahia irá evoluir ao longo dos jogos. “Acho que tempo. Temos que dar tempo ao tempo. Temos trabalhado muito, nos dedicando para que as coisas aconteçam. A gente sabe que o Campeonato Baiano tem jogos difíceis, truncados. Estamos trabalhando”.


Puplicidade

Facebook