Fale Conosco

Jaguarari

Lutando por reajuste salarial, servidores participaram de Assembleia Geral coordenada pelo SINDSPUJ

Postado

27 de fevereiro de 2018: Lutando por reajuste salarial, servidores de várias categorias participaram de Assembleia Geral coordenada pelo SINDSPUJ, lotaram a plenária no Centro Pastoral e deliberaram percentual de reajuste para negociação e efetivação urgente!

Estamos falando de um reajuste de 15% (quinze por cento) pra compensar a perca salarial sofrida por culpa do descumprimento da lei de data base (passo ilegal do Governo Municipal de Jaguarari), que em 2017 deixou 37 categorias de servidores sem a revisão salarial devida, apesar da luta sindical pela sua efetivação.

Ressalta-se que este percentual de reajuste de 15% não será reivindicado para o professor, que conforme Portaria do MEC para o ano em curso, faz jus ao reajuste de 6,81% (seis vírgula oitenta e um por cento) sobre o seu Piso Nacional revisado no ano passado.

Outra deliberação importante nessa assembleia, foi a gratificação de 12% (doze por cento) a ser instituída em lei, direito que mais uma vez está sendo reivindicado para servidores que sempre receberam o salário mínimo. Para facilitar o consenso, essa gratificação pode ser considerada um auxílio alimentação, direito que injustamente foi retirado destes servidores por força de ação judicial movida pelo governo passado.

Imprescindível dizer, que até o dia 28/02/2018, era o prazo para o governo conceder reajuste salarial no mês da data base, sem dever retroativo aos servidores. É mais um descumprimento de lei por não conceder reajuste salarial a estes servidores em fevereiro conforme determina a lei de data base. Repúdio!

Cabe informar, que o governo em comento não atendeu o ofício do SINDSPUJ, protocolado em 08/02/2018, o qual solicitou agendamento de reunião para discutir o reajuste salarial e a sua concretização na data base, inclusive, até o momento nenhuma justificativa nos foi encaminhada.

Entretanto, há como ele (o governo) reverter esse prejuízo que causou aos servidores em foco: deve agendar com urgência a reunião solicitada pelo SINDSPUJ, analisar, discutir e acatar os percentuais de reajuste e as demais melhorias salariais na forma proposta, fazer os encaminhamentos precisos para que tudo se resolva no máximo até meados do mês em curso. Sem dúvida, este é o melhor caminho para qualquer governo que se esforce para cumprir a lei.
Assim aguardaremos até o final da manhã desta quarta-feira (07/03/2018), um comunicado, através do qual o prefeito confirme reunião urgente com o SINDSPUJ, tempo em que formalizaremos e defenderemos na mesa de negociação as deliberações em foco, passo preciso para efetivarmos de imediato estes direitos que são prioridade na pauta de reivindicação.

Caso o comunicado não chegue, medidas cabíveis serão tomadas.

Indignada e firme na luta pelo direito,

DIRETORIA EXECUTIVA

Puplicidade