Paulo Nascimento dos Santos, o ‘Paulinho’, que estava foragido da Justiça morreu durante uma troca de tiros com a polícia, no início da manhã desta terça-feira (20), em Queimadas, na região sisaleira da Bahia. Ele é acusado de ter matado a tiros o próprio sobrinho, Danilo Carvalho dos Santos, de 32 anos, após um desentendimento familiar. O crime ocorreu no dia 3 de março deste ano, e Paulo estava foragido desde então. Segundo a Polícia Militar, por volta das 5h20 desta terça-feira, guarnições de Queimadas, Cansanção e Nordestina, sob o comando do tenente Daniel, foram ao local onde o acusado estava para cumprir um mandado de prisão contra ele e, chegando lá, foram surpreendidos.

Ainda segundo a PM, mesmo estando em um local cercado pelos policiais, Paulo não quis entregar e atirou contra os militares, que revidaram e atingiram o acusado. Ele foi socorrido e levado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo após chegar à unidade. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Senhor do Bonfim, para ser necrospiado.

Com ele, os policiais encontraram um revolver calibre 38, com numeração raspada, e doze munições do memso calibre, sendo nove deflagradas e três intactas, além de R$ 20 em espécie e seis pinos utilizados para armazenar drogas. De acordo com a PM, todo o material e a arma apreendida foram entregues na delegacia, onde o caso foi registrado como morte decorrente de oposição a intervenção policial.

Notícias de Santaluz